Pesquisar este blog

domingo, 29 de abril de 2012

Sem ídolos aqui!

0 comentários

Hoje trago pra vocês algo importantíssimo que Deus me falou através de II Reis cap. 23, sobretudo nos versículos 4 a 20 e 24. Como sempre, eu te convido a ler todo o texto, pois Deus sempre quer nos falar coisas diferentes e maravilhosas. A Palavra Dele sempre tem algo pra ensinar, mesmo que você já tenha lido o mesmo texto bilhões de vezes.
Enfim, perceba que o rei Josias destruiu todos os ídolos presentes na cidade, não restou nem pozinho, nem nada que se relacionasse a eles. Tudo o que servia para a adoração pagã foi destruído e lançado fora da cidade.
Na nossa vida não deve ser diferente, cada um de nós teve/tem algum [s] ídolo [s] na vida. Não falo de artistas famosos e afins, falo daquela coisa que você tinha/tem como mais importante na sua vida, que colocava/coloca até mesmo acima de Deus. Isso não se restringe apenas a não cristãos, não. Mesmo depois de rendidos ao amor do Pai, muitos de nós continuamos adorando a esses ídolos, que muitas vezes são bênçãos que nós queremos tanto, mas tanto, que passam a ter um lugar mais importante que Deus nas nossas vidas ou até mesmo uma lembrança do tempo no mundo, um convite aos velhos costumes, sabe?!
Quando percebemos esse comportamento em nós, o primeiro passo é fazer como o rei Josias, quebrar todos os altares a esses ídolos. Jogue fora, destrua tudo o que lembre a velha vida, os velhos costumes, seus velhos ídolos. O versículo 10 diz que o rei Josias tornou profano, não sagrado a Tofete a fim de evitar que os filhos fossem sacrificados pra um deus ali, então tire da área sagrada da sua vida [aquela que você dá importância] aquilo que pode te levar a pecar.
Se seu ídolo tem sido a busca por uma benção pare de orar por ela por um tempo, deixe-a de lado, tente nem pensar no assunto. Se estiver difícil, ore pedindo ao Papai que tire isso da sua cabeça e coloque mais fome e sede por Ele no lugar. Valorize mais a sua busca por Deus, invista em um relacionamento com Ele. Se essa benção estiver nos planos dEle pra você, ela com certeza será sua, mas no tempo dEle.
Eu já passei por essa situação e, toda vez que essa benção pela qual estava orando passava pela minha cabeça, eu lia um versículo da Bíblia. Eu ainda não recebi meu pedido, mas sei que se for de Deus, vai ser meu na hora certa. Você pode fazer como eu fiz ou, no lugar de ler o versículo, orar, dizer palavras de adoração a Deus até o pensamento ir embora, peça orientação ao Daddy e Ele vai te dar uma saída.
Uma ultima fala? Se afaste de tudo o que te afasta de Deus! Só Ele é digno do trono da sua vida.

Tradução aqui

God Bless You!

sábado, 7 de abril de 2012

A Cruz Tem Valido a Pena?!

0 comentários

Nessa semana, principalmente na Sexta-Feira Santa, somos lembrados inúmeras vezes do sacrifício de Jesus por nós na cruz. Quão maravilhoso é pensar nesse amor tão grande que foi capaz de entregar a vida do próprio Filho por nós, mesmo sem merecermos.
Mesmo depois de tantas decepções com o homem, Deus fez uma aliança conosco e confiou que eu e você poderíamos fazer diferente. Ele acreditou que nós íamos O servir em fidelidade e que valeria a pena nos perdoar e nos livrar da morte eterna, mesmo que isso custasse o sofrimento e a vida do seu filho Jesus.
Agora eu quero te perguntar, querido: Se Jesus tivesse morrido somente por você e você fizesse uma análise da sua vida hoje, a cruz teria valido a pena? Deus poderia pensar: Ele honrou minha confiança?
Talvez você me responda que “é claro que sim”, afinal você aceitou e declarou Jesus como seu único Senhor e Salvador, não é mesmo?! Mas e a sua vida, ela tem obedecido às orientações bíblicas? Reflita sobre isso.
Deus me ama tanto que confiou em mim, mesmo sabendo que eu teria tantas chances de errar, então eu assumi o propósito de buscar com a minha vida fazer o sofrimento de Jesus ter valido a pena. Claro que eu nunca serei merecedora de tudo isso e nem vou conseguir viver sem nunca errar aqui na Terra, mas eu quero que Deus olhe pra mim e pense: “Ela tem buscado honrar a nossa aliança”. E então, que tal assumir esse propósito também? 


 God Bless You!